BlogBetoBuarque

  • 917 Views
  • /
  • em sonhos, motivação, música, pessoas, sentimentos
  • /
  • por Beto Buarque
Ainda estou sob o forte impacto causado por uma palestra que assisti semana passada. Eu nem era congressista do evento, tinha caído lá de paraquedas, substituindo o pessoal da filmagem por algumas horas (filmar é uma das minhas 1001 utilidades). Cheguei quando a palestra já tinha começado, no palco, Felipe Lima, um nome e rosto que eu já conhecia, mas que nunca tinha parado pra ouvir.

Já antecipando, a palestra do cara é simplesmente sensacional. Pra mim foi. Não pelo lance da hipnose que rolou ou pelo jeito descontraído e bem-humorado que ele conseguia conduzir a apresentação, mas sim pela verdade que ele trazia e como ele foi capaz de transmitir essa verdade.

Histórias de gente que superou dificuldades na vida a gente sempre escuta. Aquele cara que perdeu tudo (ou que nunca teve nada) e que conseguiu crescer e ser um exemplo de sucesso naquilo que escolheu seguir. Essa é mais uma dessas histórias, só que com uma diferença: aquela história questionava a minha história.

“Qual o seu grande sonho? De todas as coisas que você deseja, qual a que você deseja com mais intensidade? De 0 a 100, o que é aquilo que é 1000 pra você?”. Quando eu me vi diante dessas perguntas, eu parei, me perguntei e demorei muito pra me responder. Engraçado, eu nunca tinha feito esse questionamento de forma tão incisiva. Foi como uma lâmpada que eu tive que acender dentro de mim para me iluminar completamente por dentro, até eu encontrar a resposta.

Antes de você ler a minha resposta. Pare! Pense você também. Parece simples, mas talvez você não tenha se voltado a essa questão com a seriedade que ela merece. Qual é o seu grande sonho?

O meu maior sonho é conseguir levar sentimentos bons às pessoas através da minha música por todos os lugares. Sendo elas cantadas por mim ou por quem quer que seja, um artista famoso ou um fã cantando pra sua namorada. Isso é o que me faz vibrar de uma forma descomunal só de imaginar. Eu até tenho pequenas (mas grandes) doses da sensação de ter esse sonho realizado a cada vez que escuto alguém dizer “escuto aquela sua música todo natal com minha família”, “essa música faz parte da história do meu namoro” ou “toda vez que eu toco e canto sua música é a que todo mundo mais curte”.

Mas apenas saber o que você quer não é o suficiente. Já parou pra pensar também se você tem agido na mesma proporção de que tem sonhado? Se é algo tão importante assim pra você o que você tem feito de importante pra alcançar esse objetivo? É isso que faz toda a diferença. São aqueles pequenos e grandes sacrifícios diários. Abrir mão das coisas supérfluas que não te levam a canto algum.

Seja qual for o seu sonho, você precisa estar sempre caminhando em direção a ele, mesmo que em passos lentos, mas nunca pare ou retroceda. Não desista. Dar um passo para trás apenas quando isso lhe proporcionar dar dois para frente.

Não tenha medo de ouvir “não”.

Não deixe que a pressa por resultados atrapalhe os resultados.

Muitas pessoas não vão acreditar que você consegue, mas também haverá muitas outras que vão acreditar e você deve estar perto destas.

Pergunte a você mesmo todos os dias: “O que eu já fiz hoje pelo meu sonho?” e então FAÇA e, se possível, que seja a primeira coisa a ser feita no dia.

Dê sempre o seu melhor.

Sonhe junto.

Sobre este último, pensa comigo: você prefere ganhar 1 milhão de reais ou impactar 1 milhão de pessoas de maneira positiva? Meu sonho tem muito mais a ver com a segunda opção, porque por mais realizações alcançadas na vida, as coisas só fazem sentido se tocamos o coração das pessoas.

Nenhum sonho valerá a pena se tiver sido sonhado sozinho.


Deixe seu comentário